PROGRAMAS DE TEMPOS LIVRES 08 DE JULHO 2021

No âmbito da sua estratégia de comunicação e sensibilização ambiental, a RESINORTE acaba de lançar ações de sensibilização direcionadas para os programas de Ocupação de Tempos Livres dos municípios da sua área de intervenção.

 

Estas ações de sensibilização têm como objetivo reforçar, junto da comunidade jovem, o papel da reciclagem e alertar para a importância da correta separação dos resíduos urbanos.

 

Com a utilização de jogos didáticos alusivos ao tema, é assim fomentado o espírito participativo e crítico dos participantes, mudando e alertando consciências para os problemas ambientais que afetam o nosso planeta.

 

As temáticas apresentadas nesta iniciativa assentam na Redução, Reutilização e Reciclagem, substituindo o conceito de fim de vida pelo de economia circular.

 

PROGRAMAS DE TEMPOS LIVRES 08 DE JULHO 2021

No âmbito da sua estratégia de comunicação e sensibilização ambiental, a RESINORTE acaba de lançar ações de sensibilização direcionadas para os programas de Ocupação de Tempos Livres dos municípios da sua área de intervenção.

 

Estas ações de sensibilização têm como objetivo reforçar, junto da comunidade jovem, o papel da reciclagem e alertar para a importância da correta separação dos resíduos urbanos.

 

Com a utilização de jogos didáticos alusivos ao tema, é assim fomentado o espírito participativo e crítico dos participantes, mudando e alertando consciências para os problemas ambientais que afetam o nosso planeta.

 

As temáticas apresentadas nesta iniciativa assentam na Redução, Reutilização e Reciclagem, substituindo o conceito de fim de vida pelo de economia circular.

 

1ª CORRIDA DO AMBIENTE 07 DE JUNHO 2021

No dia 05 de junho, o Dia Mundial do Ambiente, a RESINORTE promoveu a 1º Corrida do Ambiente, nas instalações da empresa em Codessoso - Celorico de Basto.

 

Esta iniciativa, organização conjunta entre a Associação de Atletismo de Braga, o Atlético de Codessoso e a RESINORTE, teve provas para todos escalões, incluindo os veteranos e desporto adaptado, e uma prova exclusiva para os colaboradores da EGF, uma “Milha RESINORTE / EGF ”.

 

Agradecemos a participação de todos os atletas e felicitamos os vencedores!

DIA INTERNACIONAL DA RECICLAGEM 17 DE MAIO 2021

No âmbito da comemoração do Dia Internacional da Reciclagem, a RESINORTE, o Hospital da Senhora da Oliveira - Guimarães e Vitória Sport Clube juntam-se uma vez mais, para assinalar esta data de extrema importância para o Ambiente.

 

Esta iniciativa é assinalada com o lançamento de um vídeo institucional, que tem como objetivo sensibilizar a população para a correta separação de resíduos e utilização dos ecopontos existentes.

 

Esta é mais uma iniciativa desta parceria de sensibilização ambiental que iniciou no início do mês de maio.

 

Porque não existe um plano b para o nosso planeta, e só juntos conseguiremos com que este seja mais sustentável no Futuro, pois o futuro do planeta não é reciclável.

 

Veja aqui o vídeo.

 

NOVO INVESTIMENTO 22 DE ABRIL 2021

A Resinorte está a requalificar e ampliar a instalação de tratamento mecânico e biológico (TMB) localizada em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão, com um investimento de mais 5 milhões de euros. Este investimento resulta de uma candidatura aprovada pelo POSEUR com cofinanciamento em 85%, e tem como objetivo transformar a atual instalação, aumentando a capacidade de processamento das suas linhas dedicadas à receção e tratamento dos biorresíduos provenientes de recolha seletiva.

 

Esta operação, em resumo, contempla a criação de uma linha de biorresíduos, a criação de uma zona de receção e a modificação e ampliação do sistema de comando e controlo operacional.

 

São novos desafios em que ganhamos todos – ganha a região, ganha o Ambiente!

CAMPANHA INCLUSIVA 29 DE OUTUBRO 2020

“Não é só uma campanha, é um movimento coletivo e inclusivo” – este é o mote que levou a EGF e as suas 11 concessionárias - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul - a desenvolver um movimento de mudança de comportamentos ambientais.


Concessionárias EGF reorganizam mais de 78.300 ecopontos por todo o país para promover a inclusão e aumentar a reciclagem

 


Entre as várias ações planeadas está a reorganização dos ecopontos, por forma a promover a reciclagem junto dos cidadãos com limitações. Os mais de 78.300 ecopontos de Norte a Sul do país terão uma nova ordem - Azul, Verde e Amarelo, ajudando assim todos aqueles que tiverem limitações visuais. Esta ação deverá estar concluída em fevereiro de 2021.

 

A solução é simples, basta ordenar os contentores dos ecopontos sempre da mesma forma, da esquerda para a direita – azul, verde e amarelo. Desta forma os cidadãos cegos ou com limitações visuais saberão sempre qual o contentor para cada tipo de material.

 

“Com esta ação, não só queremos ter mais cidadãos a reciclar, como queremos que reciclem melhor e para isso temos de ser cada vez mais inclusivos. A campanha - O Futuro do Planeta Não é Reciclável - é mais do que um filme publicitário, este é o maior movimento de sensibilização que alguma vez foi feito, porque juntos poderemos ser o motor de uma mudança necessária e urgente”, afirmou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

 

As concessionárias do Grupo EGF já arrancaram com este projeto, nas suas áreas de atuação, prevendo concluir a ação daqui a quatro meses. Em simultâneo, a EGF convidou todos os sistemas de tratamento e valorização de resíduos, câmaras municipais e organizações, a adotar o mesmo procedimento, para que seja possível uniformizar esta prática em todo o país.

 

AUDIODESCRIÇÃO

Para além da ordenação dos ecopontos, também o código da reciclagem presente em vários suportes informativos, passa a estar disponível em audiodescrição. Se por um lado a sinalética já tinha os símbolos colorADD (que apoia a identificação das cores pelos daltónicos), também agora os cidadãos cegos ou com dificuldades de visão podem ouvir estas regras disponíveis no website da EGF ou ouvir o anúncio da campanha neste formato.

 

OUTRAS INICIATIVAS

A estas iniciativas, acresce a legendagem de todos os filmes divulgados, entre os quais o anúncio de TV, o que permite à comunidade surda o seu entendimento, e alguns conteúdos apresentados por colaboradores da empresam cuja limitação física e/ou psicológica não foram limitações de participação.


Lançada este mês pela EGF e pelas 11 concessionárias, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.


Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

Mais informações sobre os conteúdos inclusivos: https://www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/campanha-inclusiva/

GOLFINHO BY XICO GAIVOTA 21 DE OUTUBRO 2020

O artista plástico Xico Gaivota juntou-se ao movimento “O Futuro do Planeta não é Reciclável” e criou uma escultura de um golfinho, a partir de lixo marinho, por ser uma das espécies marinhas mais icónicas, despertando assim a atenção de ainda mais portugueses para a reciclagem.

 

 

 

A peça pode ser visitada, de forma gratuita, na Loja Capital Verde Europeia 2020, na Praça do Município, em Lisboa, de 2ª a 6ª feira, entre as 9h e as 18h, até dia 31 de dezembro. Após esta data, a peça entrará em digressão por vários espaços em todo o país.

 

 

“Foi com muito orgulho que aceitei o convite para fazer esta peça no âmbito da campanha "O Futuro do Planeta Não é Reciclável". O objetivo é fazer-nos pensar nos nossos comportamento enquanto habitantes deste planeta”, refere Xico Gaivota.

 

Com aproximadamente 2,5 m de altura e cerca de 150 kg, esta obra foi desenvolvida exclusivamente com fragmentos de lixo não manipulados e sem o uso de quaisquer colas ou tintas durante a sua produção. Todos os materiais que o artista usa nas suas peças são recolhidos pelo próprio em praias não concessionadas da costa portuguesa.

 


Xico Gaivota é habitualmente reconhecido pelas suas intervenções para a consciencialização e sensibilização global sobre o lixo existente no mar. Há vários anos que percorre quilómetros pelas praias nacionais, de norte a sul, recolhendo plásticos e outros materiais que se tornam na matéria-prima para as suas criações originais, onde a temática dos animais marinhos é constante.

 

A obra desenvolvida integra assim a campanha “O Futuro do Planeta não é Reciclável, que mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e tem como objetivo provocar a consciência dos portugueses, levando-os a adotarem comportamentos ambientais adequados, no sentido de proteger o planeta. O processo é simples: reduzir, reutilizar e reciclar.

 

Lançada este mês pelas concessionárias EGF - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul -, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.

 

Veja aqui o making of de criação da peça:

 

 


Mais informações sobre o artista em: www.xicogaivota.com

Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

 

Ficha Técnica

Peça: Golfinho a Saltar Fora de Água

Horário: 2ª a 6ª feira, das 09:00 às 18:00h

Local: Praça do Município, 
Loja Capital Verde Europeia 2020, Lisboa

Data: Até 31 de dezembro de 2020

CAMPANHA NACIONAL ESTÁ ON! 07 DE OUTUBRO 2020

As concessionárias EGF, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lançam, esta quarta-feira, a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus. Investimento de mais de um milhão de euros, o movimento  O Futuro do Planeta não é Reciclável , apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. O filme publicitário conta com a realização de Rúben Alves, autor do aclamado filme “A Gaiola Dourada”. 

 

O objetivo desta campanha é de levar o cidadão à ação e fazer parte de um movimento coletivo, através da adoção de desempenho adequado na sua gestão de gestão e ao assumir seu papel de  gestor de recursos , numa cadeia de valor da qual fazem parte do EGF e as suas concessionárias.    

 

 “Esta é uma campanha muito importante para o grupo EGF.  Contámos com o envolvimento de todas as concessionárias, colaboradores e parceiros, para criarmos, em conjunto, um movimento ambiental coletivo que vai fazer a diferença ” , sublinhou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF. 

 

 Esta campanha integra a candidatura Comunicação Ambiental Estratégica, apresentada pelas concessionárias EGF e aprovada pelo POSEUR para o período 2016-2020 com um cofinanciamento de 85%.  Para a sua concretização foi realizada um concurso público com publicidade internacional, tendo sido concretizada a adjudicação pelo valor de 1.061.732 €.

 

 A apresentação da campanha será feita, hoje de manhã, no teatro Thalia, em Lisboa, numa cerimónia pública que conta com a participação da Secretária de Estado do Ambiente e da Ação Climática, Inês dos Santos Costa.

 

 UMA CAMPANHA QUE PRETENDE PROVOCAR CONSCIÊNCIAS

 

O filme publicitário, da autoria do realizador Rúben Alves, que realizou o filme “Gaiola Dourada”, é muito cinematográfico e tem como objetivo provocar consciências e levar à mudança necessária de uso. Este spot mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e dá rosto e voz aos trabalhadores trabalhadores deste setor de atividade. Além disso, é ainda realçado o papel dos municípios e associações, que são promover a promover esta campanha nas suas regiões. 

Para visualizar   o filme,  clique .

 

 Também a atriz Ana Varela, o humorista, António Raminhos, o cantor Toy e artista urbano Xico Gaivota vão ajudar a dar voz a movimento, através de várias ações nas redes sociais e na criação de uma instalação para celebrar o movimento. Serão também promovidos eventos e participações regionais, bem como ações de educação ambiental no terreno, como o Programa Ecovalor e o Recycle Bingo.

 

 A campanha publicitária multimeios, cuja criatividade esteve a cargo da Tux & Gill, vai estar presente em vários suportes nacionais e regionais - imprensa, rádio, outdoors e televisão-, destacando-se como ações integradas nos programas The Voice Portugal, Big Brother e Manhãs da Rádio Comercial.

 

 Destacam-se ainda os cuidados especiais de inclusão e diversidade nesta campanha, entre os quais, a legendagem dos filmes, a implementação de regras na ordenação dos conteúdos (azul, verde e amarelo) para invisuais ea criação de uma tatuagem com aplicação dos símbolos ColorADD )